Macacão Sapão

Worry not, fear not, enjoy a lot!

10 Ótimos Filmes Estrangeiros

Filmes estrangeiros, para nós, já contaria filmes americanos e britânicos, mas a ideia aqui foi não colocar nenhum filme desses países para criar uma lista mais diferente. Todos são filmes de que gostei muito e que recomendo a todos. Lembrando que não é nenhum Top 10 e que nem estão em ordem de preferência.

estr - intouchablesOs Intocáveis (Intouchables – França) – Um filme maravilhoso sobre amizade, não há melhor maneira de descrevê-lo. Ele conta a história de Philippe (François Cluzet), um homem de meia idade, rico e preso a uma cadeira de rodas; e Driss (Omar Sy), um jovem desempregado que vai a entrevistas de emprego não para trabalhar, mas para poder continuar recebendo seguro desemprego. Driss acaba sendo entrevistado por Philippe e sua assistente para trabalhar como cuidador e acaba contratado. A partir daí, a convivência dos dois os faz embarcar numa jornada de descoberta, cooperação e crescimento. Tinha tudo para ser um dramalhão, mas é leve, engraçado e muito bonito.

shall we dansuDança Comigo? (Shall We Dansu? – Japão) – Talvez você confunda esse filme com o de mesmo nome estrelando Richard Gere, Jennifer Lopez e Susan Sarandon, e isso é porque a produção americana é uma refilmagem deste filme japonês sobre dança. Sim. Filme japonês sobre dança. Para dizer o quanto o filme é bom, uma história: Quando eu era adolescente, eu assistia tudo que estava em cartaz. Tudo (na época era barato e eu tinha tempo). Lembro de ver um trailer do filme Dance with Me, duas semanas depois, vi que estreou  um filme chamado “Dança Comigo”, achei que era o mesmo e me mandei para o cinema. Aí começaram créditos em japonês e eu me manquei que não era o filme do trailer; na hora já pensei que estava numa enrascada, mas decidi ficar para não perder a viagem e o dinheiro do ingresso. 2 horas e 16 minutos depois, eu estava emocionado e feliz com o ótimo filme que presenciei. Se você viu a versão dos EUA, é a mesma história com poucas mudanças, mas ver a dança ajudar personagens japoneses se superarem e libertarem é bem mais impactante. Recomendadíssimo.

no se acepta devolucionesNão Aceitamos Devoluções (No se Aceptan Devoluciones – México) – Outro que foi uma grata surpresa. Eu e minha esposa ganhamos ingressos da Vivo para ir ao cinema ver esse filme, nunca tínhamos ouvidos falar dele, mas já que era de graça, decidimos ir. Saímos em prantos e com as mãos nos corações. O filme conta a história de Valentín (Eugenio Derbez, que também dirige o filme), um mulherengo incorrigível que de repente se vê com uma responsabilidade gigantesca nas mãos. Como qualquer bon vivant, ele faz de tudo para se livrar dela, até não ter saída e resolver encarar de frete, e esse é só o começo do filme. Veja sem medo esse filme lindo e divertido, que te mostrará o quanto alguém pode sacrificar e mudar por amor a outro.

Carne_treumlaCarne Trêmula (Carne Trémula – Espanha) – O primeiro filme do Pedro Almodóvar que vi, e foi uma excelente surpresa. Não é um filme comum e algumas pessoas se incomodariam com o conteúdo de teor considerado um pouco pesado. O filme tem uma narrativa diferente que amarra muito bem as histórias dos personagens e as relações entre os mesmos e é muito bem filmado. As primeiras cenas parecem que te levarão a um caminho, mas o roteiro te surpreende e acaba mudando o foco da história de maneira genial. Com atuações excelentes dos atores principais, o filme entrega uma trama interessante, bem estruturada e que vai prender sua atenção do começo ao fim.

nueve reinasNove Rainhas (Nueve Reinas – Argentina) – O primeiro filme Argentino que vi. Conta a história de Marcos (Ricardo Darín) e Juan (Gastón Pauls), dois vigaristas que aprontam e discutem golpes pela cidade enquanto aplicam alguns apenas para provar seus pontos de vista, isso resulta em diálogos excelentes que dão o tom enquanto eles resolvem montar um golpe enorme para ganhar um monte de dinheiro num negócio de seles raríssimos e tem apenas 24 horas para conseguir tudo. Aguarde surpresas e uma chuva de criatividade, você nem vai ver o tempo passar.

la vita e bellaA Vida É Bela (La Vitta È Bella – Itália) – Esse filme fez muito barulho por aqui na época em que estreou porque ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro no mesmo ano em que Central do Brasil estava competindo, e muitos brasileiros não gostaram desse filme porque estavam torcendo contra, hehehe. Mas deixando isso para trás, você tem um filme muito bonito sobre o holocausto. É interessante notar como o filme se divide em duas partes bem distintas, a primeira mais leve e engraçada, a segunda mais sombria e sofrida. Recomendo a todos os pais e mães, é um filme fantástico sobre paternidade e do que pais são capazes para proteger seus filhos.

amelie poulain

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Le fabuleux destin d’Amélie Poulain – França) – Uma deliciosa comédia sobre uma mulher que teve uma infância sem amigos e que usou sua imaginação para se divertir. Como adulta, vemos o mundo pelos olhos dela, e aí o filme brilha! A história fica em segundo plano conforme o mundo dela vai se desenrolando em frente aos nossos olhos e o entretenimento é certo. Não, ela não é esquizofrênica, mas cria situações para outras pessoas terem uma visão melhor do mundo, e são cenas apaixonantes. A cena da carta é muito bem sacada e você vai se perguntar qual é seu mini prazer e não tem como não se amarrar na história do gnomo de jardim.

7 samuraiOs Sete Samurais (Shichinin no Samurai – Japão) – Um dia decidi me aventurar por clássicos do cinema. Vi Cidadão Kane, CasablancaOs Sete Samurais, de Akira Kurosawa. É uma história sobre uma vila que sabe que sofrerá um ataque de um grupo de bandidos na época da colheita. No desespero, eles decidem contratar samurais para proteger a vila. Aos poucos, o grupo de samurais vai se formando e eles precisam não só se conhecer, mas aprender a se respeitar e agir em grupo, ao mesmo tempo em que a relação deles com os fazendeiros precisa ser desenvolvida. Um filme excelente sobre a honra e o papel do samurai, que trouxe técnicas narrativas usadas até hoje para a sétima arte. De importância única na história do cinema, Os Sete Samurais é imperativo para qualquer cinéfilo.

amores perrosAmores Brutos (Amores Perros – México) – Esse filme conta a história de três pares de pessoas que se juntam em um acidente de carro. As três histórias tratam de diferentes relacionamentos que estão, de alguma forma, com problemas. São pessoas bem diferentes com abordagens bem diferentes para as situações em que se encontram. O roteiro é genial e os atores trazem os personagens à vida de maneira espetacular. Destaque para a história com o personagem El Chivo, minha favorita, ele tem a jornada mais interessante e gosto de como o filme termina com ela.

lola renntCorra Lola Corra (Lola Rennt – Alemanha) – Filme divertidíssimo que tem três “corridas” – três possíveis sequências para um mesmo início. As duas primeiras terminam de maneira similar, com os personagens “negando” seu destino e aí tudo volta para o começo e as sequências ocorrem novamente, mas com sutis diferenças que mudam o resultado totalmente. Para quem gosta de viajar pensando que cada decisão que tomamos cria uma dimensão diferente, o filme é prato cheio. Para quem acha isso baboseira, o filme continua divertido. Destaque para Franka Potente, que está ótima no papel principal.

Advertisements

About Bruno Passos

Nerd, geek, brasiliense, amante de cachorros e cultura pop.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 18/07/2015 by in Filmes, Listas.
%d bloggers like this: